24 setembro 2006

Durão critica europeus por não apoiarem Bento XVI


Durão Barroso saiu em defesa do papa Bento XVI, numa entrevista ao jornal alemão Die Welt.

O presidente da Comissão Europeia criticou os políticos ocidentais por não terem defendido a liberdade de opinião e o papa Bento XVI.

Segundo Durão Barroso, esta reserva dos dirigentes europeus está relacionada com o receio de um eventual confronto e com uma opção por uma postura politicamente correcta.

«Só somos tolerantes quando valorizamos a opinião dos outros, em detrimento da nossa», afirmou.

«O problema não são as declarações do papa, mas as reacções dos extremistas», disse Durão Barroso ao jornal alemão.
in Diário Digital.

3 comentários:

104... disse...

Ora aqui está uma forte e sensata opinião de quem detém responsabilidades e que delas não se exime, avançando para a primeira linha da polémica sem gabardine e longe da Mexicana!
20 valores para o Dr. Durão Barroso, que ainda aproveitou para dar uma «tacada» na proverbial contenção ocidental, demonstrando que a tolerância é uma estrada de 2 vias!
Perfilhem-se os parceiros da UE e começaremos a ter uma identidade europeia, orgulhosa e convicta dos seus valores, das suas motivações e da sua história!

RMG disse...

104, não podia estar mais de acordo!
Mas devo dizer que o Durão também costumava ir à Mexicana...

104... disse...

:-)
Talvez, mas agora vai mais ao Chez Leon da Grand Plâce alabardar-se com moules...