15 setembro 2006

«Defender a fé com a violência é irracional» III

O prometido é devido. Eis o texto (em inglês) da oração de sapiência proferida por Bento XVI na Universidade de Ratisbona (Regensburg).

2 comentários:

RIC disse...

Curiosa conversa aquela, havida em Constantinopla pelos finais do século XIV... Em boa memória teria ainda o imperador bizantino os horrores a que os Cruzados não há muito ainda haviam submetido a cidade... E mais uma vez, o bom julgador por si se julga; ou então, «julgo-te pelas tuas acções e a mim, pelas minhas ideias»...

DRS disse...

Sim, decerto teria presente a Quarta Cruzada, desviada pelos venezianos contra Constantinopla. Quanto ao mais, dou-lhe razão: é certo que o fundamentalismo religioso não foi estranho à Igreja Católica, no passado. Mas o mérito da mensagem do Papa é condenar universalmente o fundamentalismo e as motivações religiosas da violência, abrangendo o fundamentalismo (ou espírito de cruzada, se preferir) de qualquer religião.