14 dezembro 2006

Passatempo

Aqui segue o endereço de um passatempo interessante: votar os monumentos portugueses favoritos de cada um, de uma lista já um pouco rarefeita ( só de pode votar nos 21 finalistas) mas mesmo assim vale a pena!


www.7maravilhas.pt

16 comentários:

ASD disse...

Já que falas nisso aproveito para recordar a votação praticamente em directo na televisão da Senhora Ministra da Cultura. Pergunta-lhe a jornalista "Foi díficl votar Srª. Ministra?". Diz S. Exª a Srª. Ministra da Cultura do Governo de Portugal " Não, foi muito fácil. Foi só marcar as escolhas e carregar no botão". De novo a jornalista " Não é isso Srª. Ministra, pergunto-lhe se foi díficil escolher?". Diz a Srª. Ministra " Ahhhh!!!...". Terá sido a presença muito próxima do Prof. Freitas do Amaral que provocou tal bloqueio(desta feita momentâneo, desta...)? Talvez sim, talvez não...
Bom, não me recordo se as palavras foram textualmente as que refiro, mas que o episódio sucedeu, sucedeu!
Boa votação, para quem o fizer... Não se esqueçam de carregar no botão no fim! É muito fácil!

DRS disse...

Ah, ah, ah!

PBH disse...

A sra. Ministra deve ter ficado baralhada porque entre todas as escolhas possiveis nao estava nada que ela conhecesse...

marcela castro disse...

Sabia que la ceremonia para declarar las 7 nuevas maravillas del mundo seria en lisboa, pero no que los portugueses iban a votar por las propias.

En estos momentos, la chilenidad se impone: ESTAN LOS MOAIS, Y UDS NO TIENEN NINGUN CANDIDATO. Tengo que ser nacionalista alguna vez. Si no fuera por ese precioso Castillo de Neuschwanstein, la Acropolis, el Coliseoy Stonehenge Europa no tendria nada realmente maravilloso, porque la Alhambra es preciosa por fuera, al atardecer,pero por dentro es bastante simplona. Claro que si los de Isla de Pascua se hubieran hecho franceses como querian, tampoco tendriamos nada chileno, pero esa es otra historia.

Lo que no entiendo es que diablos hace la Estatua de la libertad y la opera de Sidney.

PBH disse...

Cara Marcela

Está-me a dar uma novidade em afirmar que a eleição das 7 maravilhas do mundo se fará em Portugal.Seja como for, os portugueses só votam nas suas, tal como todos os países concorrentes.É dessa eleição geral que serão depois eleitas as "sete mais". Não fique zangada.
Aproveite ainda, quando puder, para visitar o nosso país e as nossas maravilhas. Estou certo de que gostará muito e rápidamente se renderá a elas..

ASD disse...

Existe uma votação a nível mundial, cujo resultado vai ser apresentado numa cerimónia em Lisboa a 07/07/2007 (www.new7wonders.com).

Paralelamente criou-se esta votação a nível nacional de "maravilhas" exclusivamente portuguesas. São passatempos...Vale o que vale. Que ao menos sirvam para chamar a atenção para a problemática patrimonial e que possam contribuir para a divulgação da importância do património cultural.

rm disse...

Que estória tão engraçada essa da Sra. Ministra da Cultura... tão somente reveladora da falta de precisão de conteúdo do jornalismo português... ou de parte dele. É que para perguntas mal formuladas, respostas adequadas!

ASD disse...

Não se trata de uma pergunta mal formulada (embora houvesse várias formulas possíveis para a fazer e embora seja real a necessidade de melhorar bastante parte do jornalismo feito em Portugal), mas de uma interpretação curiosa (na minha opinião reveladora) por parte da senhora ministra da cultura e que gerou um episódio engraçado. RM não achou pelos vistos... e a gargalhada de DRS também foi um tanto "amarela", não foi? Não pretendia unanimidade, apenas reacções e comentários. Cito agora o Henrique Burnay num post (sobre as movimentações internas no PSD) no "31 da Armada" numa frase que achei imensa piada "giro, não necessariamente bom ou bonito, mas giro!"

DRS disse...

Caro ASD,

Estou inocente de "amarelidão" de gargalhada, juro. Achei mesmo graça. Como dizia o poeta «ridendo castigat mores».

ASD disse...

Não era preciso jurar, mas ainda bem que gostou do relato do episódio. Já agora irá participar na votação? Não resisti e votei... Escolher sete foi algo díficil, mas carreguei no botão, já que votei quero o meu voto validado!

marcela castro disse...

Caro PBH, por razones que no vienen a cuento (curiosidad en realidad), he visto algunas cosas que tiene Portugal en documentales y revistas, y me parece un pais espectacular. Tengo, por razones templarias, que ir a Tomar, antes que un meteorito choque con el planeta. Y me tiene bastante intrigada el asunto de los ascensores y los tranvias de Lisboa. Son muy parecidos a los de Valparaiso. Tal vez los chilenos tengamos muchas cosas de Portugal que no sepamos, porque como nos creemos los ingleses de sudamerica...

Por favor, cuando voten por los monumentos portugueses, ¿podrian darse una vueltita por los mundiales y votar por la Isla de Pascua?

rm disse...

caro asd nem giro, nem bom, nem bonito... como disse, engraçado! que neste caso é o mesmo que dizer curioso, ou melhor ainda, interessante... que é justamente aquilo que se diz de algo que é precisamente o oposto mas que por simpatia nos coibimos de o dizer.

ASD disse...

Caro RM, em vez de estarmos a discutir alguns termos da língua portuguesa que tal debatermos a acção do governo em matéria de cultura? Ou então, se não se quiser maçar muito, diga-nos se votou e em que "maravilhas" votou? Olhe que é muito fácil!
Estou a falar deste passatempo...sobre as legislativas não precisas de te pronunciares sobre o teu sentido de voto. Ganha juízo!

rm disse...

ganhá-lo-ei... eventualmente. sabe que eu nao me encontro a residir no país, por isso é-me bastante dificil debater o que quer que seja que diga respeito à vida interna do mesmo. quanto às maravilhas, já votei com certeza, e determinaçao, como sempre faço. algo que nao é comum a toda a gente... mas o voto ainda continua a ser secreto... nao?

ASD disse...

Voto secreto claro, mas sem secretismos... ao contrário de algumas opiniões mais radicais que graçam por terras bascas. Não te deixes contaminar! Até breve!
E o estar em terras de Espanha não implica a ausência de informações sobre o nosso país, pois estamos no séc. XXI... mas percebo o que dizes. Bom regresso natalício a Portugal!

rm disse...

Aqui o governo negoceia com as ditas opinioes radicais... ¿contaminaçao?
Nao implica nem consente a ausência dessa informaçao... mas para debater o tema em causa, com a profundidade que ele merece, seria preciso outro tipo de informaçao, menos genérica, e outro tipo de conhecimento, menos distante, e esses estao, por motivos óbvios, fora do alcance...
Obrigado!