01 dezembro 2006

OE 2007: um mau orçamento.. aprovado

O Orçamento do Estado para 2007 foi aprovado, em votação final na Assembleia da República, com os votos favoráveis do PS e contra dos restantes partidos!
Em vários posts neste blog, procurei demonstrar que este orçamento é fictício, atendendo ao cenário macro-económico que lhe está subjacente, e traduz opções erradas como diversos aumentos da carga fiscal. Já não vou à violação dos diversos compromissos eleitorais do PS, atendendo a que o assunto já foi debatido à exaustão, ficando claro para a generalidade das pessoas que tal corresponde à verdade.
Ao longo do ano de 2007, cá estaremos para ver a execução orçamental, a transparência das contas ou o recursos aos truques contabilísitcos... Mas sobretudo cá estaremos para ver a evolução da economia e das nossas finanças públicas atentas as opções do Governo.
Desde ja considero que esta foi uma má notícia para o país, não pelo facto de ter um orçamento aprovado, mas pelo facto de ter este orçamento!

2 comentários:

marcela castro disse...

Mientra no pase como en Hungria...

Sinceramente RMG, no creo que ningun miembro de PS, ni aqui ni en ninguna parte, cumpla con sus compromisos de campaña cuando accede al poder.Plantean una serie de medidas para captar votos sabiendo que no van a aplicarlas.Tienen muchos intereses mas importantes por los cuales velar, los suyos.
Perdona, pero ese partido me tiene decepcionada en muchos paises

Anónimo disse...

Ai querido... cá estaremos em 2007 não é bem assim que a tia está de stilleto em riste para partir para as arábias com um mega visto turistico emitido secretamente pelos serviços dos vistos secretos das tias espiãs e vai voar daqui para fora que a tia não aguenta mais carga seja ela fiscal ou outra qualquer... a tia está prestes a dar a sinapse! o láquê da tia nunca esteve tão inflacionado e o macro-porder-do-poder-económico da tia está por um capilar oxigenado!
beijinhos beijinhos que a tia está de fujida. encontramo-nos pelos desertos... certo querido?