29 janeiro 2007

O regresso argelino...

Após algum tempo de ausência, regresso à blogoesfera, desde estas simpáticas terras da Argélia, onde estou há praticamente uma semana.

Atendendo a que vi hoje, aqui em Argel, no canal Euronews, uma reportagem sobre a manifestação que decorreu ontem em Lisboa promovida pelas organizações que defendem o "não" no próximo referendo sobre o aborto, parece-me oportuno ultimar e postar o meu artigo, em tempos prometido, sobre esta temática.


Será caso para dizer, "longe da vista, perto da discussão"...

6 comentários:

marcela castro disse...

se te extrañaba :)

ASD disse...

Espero que tenha corrido tudo da melhor forma. Ficamos a aguardar esse artigo. Seja bem regressado ;)

(A caminhada no Domingo, apesar do frio-4ºC ao passarmos o Saldanha-foi um grande e caloroso acontecimento)

PBH disse...

Espero que o meu caro amigo RMG não tome por exemplo esse ilustre antigo Presidente da República que se demitiu do cargo para embarcar no primeiro navio que parou em Lisboa. Acabou em Argel e nunca mais cá voltou, o que sempre interpretei como um decisão sábia por parte de Manuel Teixeira Gomes perante o estado caótico em que a I República havia mergulhado o país. O Chefe do Estado apenas deu o exemplo!
Mas agora os tempos são outros e esperamos vê-lo em breve por terras lusas.
Aproveite o calor e take care!

RMG disse...

Obrigado pelas palavras simpáticas.
Concretamente ao meu amigo PBH posso tranquilizá-lo que é a segunda vez que venho a este país e que tenciono voltar à pátria na 5ª feira...

ASD disse...

E eu que percebi que já terias regressado... É como a pintura do tecto da "Sala das Tapeçarias Espanholas" no Palácio da Ajuda que representa o desejo do regresso de D.João VI e da família real do Brasil e não o regresso em si... ;) Boa viagem de regresso então! Vais ter muito tempo para aí estar! Volta, estás "aperdoado". :) Quer dizer... esclarece-nos primeiro essa posição em relação ao 11 de Fevereiro...

Caetana disse...

E a tia espera-o imenso e está cheinha de saudades suas e espera que o menino esteja com o maior escaldão jamais visto em toda a Jamaica! Jamaica, não é querido? o menino anda nas Ilhas do Pacífico não é? Ou era Bahamas? Bom, volte são ou não volte não, ahahah, a tia a rimar imenso, ahahah que divertida quer a tia está!
Beijinhos