04 março 2007

Recordando Paulo Portas...

8 comentários:

epb disse...

Realmente é de rir com estas bombásticas afirmações de antanho! quem havia de dizer as voltas que o senhor deu...mas todos os que afirmam que não entram na política pelo poder ou para o poder têm os dedos cruzados nas costas não vá o diabo tirar-lhes o almejado tacho. Enfim, o que hoje é verdade amanhã pode ser mentira, anda tudo muito depressa e o tempo voa e é um grande mestre.

PBH disse...

Sempre considerei o Dr. Portas um brilhante parlamentar. Considero mesmo ser essa a sua maior vocação política. É pena que deseje outras coisas para além da bancada, onde revela normalmente um excelente desempenho.
A rapidez de racíocinio, a facilidade com que cruza informação, as interessantes associações que faz e a rapidez com que muda de opinião são louváveis e revelam um talento de retórica que é raro nos dias de hoje.

epb disse...

Se me dá licença faço minhas as suas palavras quanto às qualidades e brilhantismo da pessoa em causa, só que naquele tempo a sua direcção não estava posicionada como está agora náo é? O que vem reforçar o que penso quanto ao "mudam-se os tempos mudam-se as vontades". Valha-nos quando é para melhor...

Ricardo disse...

Já conhecia este vídeo e a parte que considero mais engraçada, diria uma ironia do destino, é a parte em que Paulo Portas afirma que ser Ministro do Mar é muito vago. As voltas que o mundo dá.

ASD disse...

E daqui a uns anos, se todos nos encontrarmos vivos e de boa saúde, iremos visionar vídeos de Paulo Portas referentes a 2007, 2008, 2009...É sinal que ele próprio está vivo e de boa saúde e cheio de vontade de comunicar, participar, intervir e liderar, por muito que custe a alguns.

PBH disse...

Caro ASD
Eu gostaria muito era ver daqui a uns anos esses mesmo videos, mas com o Dr. Paulo Portas a fazer...Porque a vontade do dr.Portas em comunicar, em intervir e em liderar, nós já a conhecemos...

RM disse...

É, de facto, muito curioso este vídeo, como curiosas as afirmações do Dr. Paulo Portas... quer dizer, talvez não tão curiosas para quem acompanha com alguma atenção o percurso dele... A passagem de jornalista a político deixa as suas marcas...

E concordo com o ASD quando diz que daqui a uns anos iremos visionar outros vídeos, quem sabe ainda mais curiosos, do Dr. Paulo Portas... aliás, filmes é com ele!

ASD disse...

Caro PBH,

Intervir é sinónimo de fazer. Sei que tens a opinião que o Paulo Portas é mais retórica do que outra coisa. Não o querendo endeusar, como aliás não o faço em relação a nenhuma outra pessoa, tenho presente que ter uma atitude crítica é fundamental mas nessa observação não te acompanho. O Portas tem méritos inegáveis, quer se goste ou não da sua personalidade. Não alinho em "ismos", nem me considero "portista", mas não tomo por justa a redução do Portas a pura retórica. É bastante mais do que isso e ainda é uma das boas soluções para encabeçar o centro-direita político em Portugal. Por Mendes e Castro isso não passará certamente.
Termino com as seguintes questões: Alguém é 100% coerente? Alguém é 100% incoerente? Ninguém é perfeito, logo a resposta é não. Reconheço também que ninguém é, nem deve ser, intocável e inume a críticas. Nem sequer vou explorar a distinção entre incoerência e evolução, pois, para já, haverá um misto das duas e será inútil alongar-me mais sabendo de antemão que não alterarás a tua opinião neste caso concreto. Não te estou a apelidar, obviamente, de caso perdido, como sei que tu não o farias em relação a mim se emitisse determinados juízos críticos em relação a Santana Lopes por exemplo. Abraço